Cão de serviço de George H. W. Bush emociona o mundo

57
O labrador Sully não saiu do lado do caixão do melhor amigo disse o porta voz do "Bush Pai" Jim McGrath

Sully, o labrador de serviço do ex presidente americano
George H. W. Bush (falecido no último dia 30) emocionou a internet ao ficar deitado por todo o velório e triste em frente ao caixão de seu companheiro.

O porta-voz do “Bush Pai” Jim McGath, publicou em seu Twitter a imagem de Sully em frente ao caixão com os dizeres: Missão completa. @remembering41

Sully leva o nome do ex-piloto de aviação Chesley B. “Sully” Sullenberger III, que ficou famoso por pousar um avião de passageiros danificado no rio Hudson e salvar todos os 155 passageiros e tripulantes em 2009.

Um cão de serviço altamente treinado, Sully vai agora voltar ao serviço para ajudar outros veteranos de guerra, ele vai para o Centro Médico Militar Nacional Walter Reed.

O filho e também ex-presidente George W. Bush escreveu em um post no Instagram: “Por mais que nossa família sentirá falta do Sully, ficamos reconfortados em saber que ele trará a mesma alegria para sua nova casa, Walter Reed, que ele trouxe para meu pai”.

Sully pode executar uma lista de duas páginas de comandos, incluindo atender o telefone e buscar itens.”Como uma pessoa disse, ele pode fazer praticamente qualquer coisa, exceto trazer um martini, mas não se preocupe, ele pode ir buscar alguém para trazer para você um martini”, disse McGrath em junho.

Sully possui uma pagina no Instagran onde possui quase 100 mil seguidores. Nesta postagem ele acompanha Bush Pai e Jim McGath na urna de votação.

Sully foi treinado pela America’s VetDogs que é uma instituição de caridade que fornece cães de serviço para veteranos de guerra, membros do serviço ativo e pessoas com deficiências. Sully foi trabalhar com Bush em Abril depois que a ex-primeira dama Barbara Bush veio a falecer.