Poucos meses após o assassinato cruel de um cachorro no hipermercado Carrefour de Osasco, um movimento liderado e idealizado pelo empresário de São Caetano do Sul Hugo Rocha reuniu até então, oitenta cervejarias brasileiras em prol da causa animal. Elas criarão em conjunto uma cerveja com o nome “Manchinha” e colocarão no rótulo a imagem criada pelo ilustrador e tatuador de Belo Horizonte Geralf em homenagem ao cão.

Ilustração feita pelo mineiro Geralf em homenagem ao cão assassinado no Carrefour.

Hugo Rocha convidou diversas cervejarias para fazerem produtos beneficentes e o lucro com a venda será revertido para ONGs que defendem os animais. “Sejam de cachorros, gatos, tamanduás ou iguanas. Inicialmente, convidei 20 cervejarias, que eram as que eu sentia que tinha liberdade para isso, mas a história alastrou, teve uma repercussão muito positiva e assim outras cervejarias se dispuseram a participar do projeto”, comemora.

Ação esta, inspirada de um movimento feito pela Sierra Nevada (USA), que convocou todas as cervejarias americanas a produzirem uma IPA chamada Resilience e doar os lucros para as vítimas de um incêndio enorme que atingiu a Califórnia no último novembro.

Após a publicação de Hugo Rocha em seu perfil pessoal no Facebook, uma imensa quantidade de produtores cervejeiros também começaram a aderir a campanha.