O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP) diplomou nesta quinta-feira (28), em sessão plenária, Mauro Alves dos Santos Júnior, o Major Mauro (Partido da República), como deputado estadual. O candidato foi eleito para o cargo após o indeferimento de registro de Antonio Dirceu Dalben.

Dalben havia sido eleito pelo quociente partidário no pleito de 2018, com 79.564 votos, e chegou a ser diplomado pela Justiça Eleitoral, em dezembro passado. Porém, após recurso apresentado pelo Ministério Público, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) indeferiu o registro de sua candidatura. A impugnação foi motivada pela condenação do candidato por ato doloso de improbidade administrativa, durante mandato como prefeito do município de Sumaré.

Major Mauro foi diplomado como deputado estadu ontem (28) na vaga de Antonio Dalben

Com a decisão, o TRE-SP realizou retotalização, e os votos nominais recebidos por Dalben foram reaproveitados para a legenda. Assim, o cargo ficou para o primeiro suplente do PR, Major Mauro, que somou 40.034 votos. Nesta quinta, ele recebeu o diploma das mãos do presidente do Tribunal, des. Carlos Eduardo Cauduro Padin.

A diplomação é o ato pelo qual a Justiça Eleitoral atesta que o candidato foi efetivamente eleito pelo povo e, por isso, está apto a tomar posse no cargo. A cerimônia oficial de diplomação, reunindo os eleitos aos cargos de deputado estadual, deputado federal, senador e governador do Estado, ocorreu em 18 de dezembro, na Sala São Paulo.

Informação cedida pelo Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo, constando no site da órgão. Para ler direto no TRE-SP basta clicar aqui.