Em meio ao maior massacre infanto-juvenil do Estado de São Paulo e um dos maiores do Brasil, a maior rede social no país, o Facebook, disponibilizou um recurso extremamente importante para, de alguma forma, quem assim desejar, pode contribuir com as famílias e até mesmo a escola que passou e estará vivendo esse trauma por algum tempo.

Para acessa-lo é bem simples, no campo de busca do Facebook você digitará TIROTEIO NA ESCOLA RAUL BRASIL, essa busca te levará até a área RECURSOS PARA SITUAÇÕES DE EMERGÊNCIA, que é uma seção idealizada com o intuito de transmitir informações sobre o que e onde está ocorrendo a “crise”.

Mecanismo criado pelo Facebook tem a opção de contribuirmos com a emergência.Ao entrar na página, verá entre as opções Verificar Amigos e Seguir o botão OFERECER AJUDA, clique lá, e será redirecionado automaticamente para uma página de publicação dentro da própria “situação de emergência” onde poderá descrever como você pode contribuir, além da mesma também te dar opções específicas para informar as pessoas que necessitam do apoio a encontrar a sua publicação.

Descreva da forma mais simples e direta como você pode ajudar.

As imagens mostradas até aqui são de dispositivos móveis, más para acessar pelo computador até chegar a página de “apoio” segue o mesmo tutorial e também apertará OFERECER AJUDA. Ressaltando que, por qualquer um dos dispositivos que você entrar conseguirá ver seus amigos que estão conectados no Facebook e moram na mesma região do “incidente” e poderá perguntar se os mesmos se encontram bem através de um único botão abaixo do nome deles.

Tanto pelo celular quanto pelo computador, para ajudar é a mesma forma, porme apenas as opções estão dispostas em lugares diferentes.

Nós d’O Expresso de São Paulo pedimos que ao entrar na página para oferecer apoio seja respeitoso e sensível a dor das famílias, segue exemplo do Fernando Luiz, morador da capital que se dispôs a contribuir mediante a sua formação profissional.

PARA ENTENDER

A escola Raul Brasil, localizada na cidade de Suzano, sofreu ontem uma chacina de proporções inimagináveis. Dois atiradores adentraram ao espaço público na manhã desta quarta feira (13) e abriram fogo contra alunos e funcionários deixando até o momento a soma de dez mortos, dentre eles cinco alunos da escola, duas funcionárias, os dois que se suicidaram após a chacina e ainda o tio de um deles que foi baleado minutos antes do ocorrido na escola.