Wendrik Santos da Silva, de 18 anos, foi diagnosticado com câncer no intestino há um ano. Após três meses internado e recebendo medicamentos para o controle da dor, o jovem fugiu do Hospital Municipal São José, em Santa Catarina, para realizar seu último desejo: comer hambúrguer.

A doença já estava em estágio avançado e, segundo a família, o tratamento já não fazia mais efeito.  Esse seria o motivo da fuga do jovem, que queria aproveitar o pouco tempo que ainda tinha.

Wendrik fugiu do hospital em direção a uma rede de fast food e foi recebido pelo gerente, que lhe ofereceu uma água. O jovem, que não estava com dinheiro, foi até a Câmara de Vereadores de Joinville, onde sua mãe já havia trabalhado, para pedir ajuda para comprar o lanche. Após realizar o desejo de comer o hambúrguer e tomar dois refrigerantes, Wendrik passou mal e foi socorrido pelo Samu. O jovem morreu na tarde desta terça-feira, (19).