A prefeitura municipal publicou em seu Diário Oficial neste sábado, um edital da Companhia de Desenvolvimento de Nova Odessa, empresa responsável pelo tratamento de água e esgoto da cidade, onde apresenta novo reajuste de valores nas tarifas de água e esgoto, além do também reajuste nos valores dos demais serviços prestados pela Companhia.

O aumento vem com a justificativa na resolução 285 de 27 de Março de 2019 publicada pelo ARES-PCJ (Agência de Regulação dos Serviços de Saneamento das Bacias do Rio Piracicaba, Capivari e Jundiaí) que dispões sobre o reajuste anual das tarifas de água e esgoto do município de Nova Odessa.

De acordo com a resolução do ARES-PCJ, o aumento nas contas de água, que chega a exatos 3,78% e começa a valer já em Maio desse ano, foi solicitado pela Codenpara garantir que os valores arrecadados pelas tarifas de água e esgoto sejam suficientes para a continuidade e aprimoramento dos serviços de saneamento básico.”

O edital completo com todos os serviços que sofreram com o aumento pode ser lido clicando aqui.

UM DOS METROS CÚBICOS NA TARIFA MÍNIMA MAIS CAROS

Com informações obtidas através do site do ARES-PCJ, dos mais de 50 municípios que fazem parte do consórcio, na região, em termos de preço alto, Nova Odessa só perde para a cidade de Campinas, deixando para trás até mesmo os municípios de Americana, Santa Bárbara d’Oeste e Piracicaba.