O ex-vice presidente da Odebrecht e delator de Aécio Neves e Edison Lobão, o executivo Henrique Valladares foi encontrado morto em sua casa, no Rio de Janeiro, na noite desta terça-feira (17 set. 2019).

Ex vice presidente da Odebrecht e delator de Aécio Neves e Edson Lobão foi encontrado morto

Em delação premiada, cerca de dois anos atrás, ele acusou o atual deputado Federal e ex-candidato à presidência Aécio Neves e seu partido (PSDB) de terem recebido valores do Setor de Operações Estruturadas do grupo Odebrecht.

Apenas Aécio teria recebido 50 milhões de reais, que teria distribuído o dinheiro a representantes da CUT de Porto Velho e a lideranças indígenas. Além de ser delator do tucano, Valladares também acusou o ex-ministro de Minas e Energia, Edison Lobão de ter recebido R$ 5,5 milhões em propina.

A informação foi primeiramente divulgada por Lauro Jardim, conforme a Gazeta do Povo.